Fotos *—*

abril 11, 2010

Eu gosto muito de fotos dos artistas que admiro… Aqui vão algumas simplesmente LINDAS!

normal_DakotaKeironOConnor003   normal_dakota  normal_dakota

normal_d03~5          normal_09

kikinylon6   2664_i3_KristenStewart-3

 

Esse post foi Kris&Kota, o próximo vai ser… Diferente (:

Até+

abril 11, 2010


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Perder Alguém

março 7, 2010

A perda de um ente querido é sempre muito difícil… acabo de passar por isso, e tudo o que posso fazer é manter minha avó guardada em meu coração.

fevereiro 20, 2010

Algumas músicas:

 


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

Meu mais novo texto…

janeiro 30, 2010

Faz tempo que não escrevo! (que novidade, não?)

Voltei sem pauta elaborada (algum dia elaboro!), mas com um texto de minha autoria, curto e fresquinho!

espero que gostem…

Areia e Mar

Em qualquer praia pode-se observar um intrigante caso de amor. É a história entre Mar e Areia.
Mar é belo, mas muito imprevisível. Às vezes suave, às vezes furioso, mas sempre apaixonante.
Areia é tranqüila, um pouco monótona talvez, mas sempre receptiva. Receber pegadas e rabiscos todos os dias não é incômodo para ela, pelo contrário; gosta de ver as pessoas calmas ao entrarem em contato com ela.
O Mar cobre a Areia, mas não por inteiro, pois quer ser livre, poder ondular simplesmente na superfície, enquanto a Areia, amorosa, deseja que um dia possa absorver o Mar por inteiro, e assim seriam eternamente uma coisa só. Ela até se recrimina por seu desejo tão egoísta, pois sabe que não é a única a amar o Mar, que muitos humanos o amam também.
O Mar, sentindo um misto de culpa e saudade, joga suas ondulações, com a ajuda do Vento, para a parte descoberta de sua amada Areia, que sempre o espera; Lhe dá um beijo suave e deixa que ela absorva uma parte de si próprio, para depois recuar.
E assim, mesmo que a Areia não tenha o Mar só para ela, ambos acreditam no amor que compartilham. E, a cada ondulação e a cada beijo suave, tem certeza de que esse amor é real, mesmo sabendo que nunca serão uma coisa só, mas que, para a felicidade de ambos, nunca estarão separados.

Autora: Anaís Monte Serrat Magalhães (eu mesma)

Encerro o post por aqui, comentem se quiserem e puderem.

A Vida Na Porta Da Geladeira

dezembro 30, 2009

Olá! Faz tempo que eu não posto né? (para variar..)

Bom, apesar do nome, esse post não é sobre dietas ou qualquer coisa relacionada a comida. O nome do post é o nome de um livro que li ontem.

“A Vida Na Porta Da Geladeira” fala de uma relação entre Claire (que inicia o livro com 15 anos) e sua mãe.
O mais curioso é que o livro é todo escrito em forma de bilhetes, que mãe e filha deixam às pressas na porta da geladeira pois, por causa da correria do dia-a-dia, mal conseguem conversar.
Eu recomendo este livro pois, além de uma leitura rápida, é muito emocionante e nos faz pensar na nossa própria vida e nas nossas relações familiares.

Bom, por hoje é só… Não sei se conseguirei um post de fim de ano então…

Feliz Ano Novo!!!

E Feliz Natal atrasado 🙂

Tempo: Nublado

Música: Escolha você mesmo!

Sobre a amizade e a vida!

novembro 28, 2009

Olá, olá! Vou postar sobre amizade porque eu ainda não elaborei a pauta para o blog. Sugestões são sempre bem vindas![\fica.a.dica

Me deu vontade de falar de amizade, porque ela é sinceramente um grande mistério. Tudo começa com um gosto em comum, uma conversa. E aí, você começa a confiar na pessoa, a sentir uma ligação com ela! vocês podem até ter várias diferenças, mais algo é mais forte que isso. Eu acho a amizade uma das coisas mais belas que existem. E esse mundo, mesmo com tantas injustiças, está cheio de coisas belas, basta acordar ao meio-dia no sábado, olhar para os lados e pensar:estou vivo. A vida é algo bonito, o sangue correndo nas veias, o pulsar do coração, uma mente cheia de ideias. Estar vivo e ter uma vida feliz, com amigos e família, é precioso. Vamos aproveitar!

Tempo: Chuva
Música: Something, dos Beatles

Flocos de neve para você!

Alguns poemas…

novembro 1, 2009

Oii! Tempos que eu não apareço, não?
É, realmente eu não consigo postar com regularidade…

Espero que tenham um bom Halloween! Bom, pelo ou menos os que comemoram. Sei que é costume americano, mas se você puder pesquisar as reais raízes desta festa, verá que não é tãão americano assim, e que não é algo “maligno”. Bom, mas esse não é o tema de hoje 🙂

Resolvi postar alguns poemas, só para postar algo (acho que preciso elaborar uma pauta para organizar novos temas para posts).
Aí vai:

O que sobrará?

O que sobrará?
O que sobrará para nós?
Quando os castelos ruírem e
As riquezas se extinguirem?

Sobrará somente o ódio,
Que queima o peito e corroe os ossos?
Sobrará a indiferença,
Entediante e mole como uma tarde quente de domingo?

Não sei, mas gostaria que sobrasse o amor,
Caloroso como uma fogueira,
Doce como o perfume da primavera,
Brilhante como um cristal,
Forte como uma prece.

Nem todos os castelos ruíram,
Apesar de que vejo alguns muros caídos;
O ódio está espalhado, mas o amor,
Ah, o amor, está espalhado também,
Entrelaçando-se em tudo
Como um fio colorido.

Observação: Não escrevi este poema com intenção de dizer:
” Desapegue-se totalmente do material”. É algo como: ” Existe algo a mais do que o material.” Porque eu gosto de meus livros, discos, roupas e da minha casa; mas tudo o que é material só faz sentido se existem pessoas com quem possamos compartilhar o que temos.

Visão do Paraíso

Meus pés descalços na areia
Traçando um caminho incerto
Me levam até o paraíso
Onde mar e céu se misturam
Unidos pelo azul

Me sinto como um anjo
Tão perto da lua
Mesmo mergulhada no mar
E vendo as conchas
Que ali jazem por tanto tempo

A imensidão do mar
E a imensidão do céu
São tão encantadoras
E nesse momento único
Ambos preenchem o vazio de minha alma

Observação: Este poema é sobre ter um tempo apenas para si mesmo. Não de uma maneira negativa e egocêntrica, sem uma razão de ser. Eu penso que todos precisamos de um pouco de paz e reflexão às vezes.

Bom, por hoje é isso, espero comentários!

Não sei de onde tirei isso, mas já que aqui sou a Princesa da Neve, me despeço mandando…

Flocos de neve para você!

Reapareci!

setembro 16, 2009

Noossaa! Sumi por um tempão, né?
Voltei para fazer um post sobre uma notícia que vi a pouco.

A MTV realiza, todo ano, um evento chamado Video Music Awards, uma das maiores premiações da música americana.

Esse ano, Taylor Swift ganhou o prêmio de Melhor Vídeo Feminino, como o clipe “You Belong With Me”. Quando ela foi fazer seu discurso de agradecimento, o cantor Kanye West a interrompeu, dizendo mais ou menos assim: “Estou feliz por você Taylor, mas Beyoncé fez o melhor vídeo de todos os tempos! (referindo-se a Single Ladies)”

kanye and taylor

Eu conheço poucas músicas da Taylor Swift, mas gosto das que conheço. Gosto de algumas músicas da Beyoncé também. Mas a questão nem é de quem eu gosto ou de quem eu deixo de gostar, é só que eu achei uma falta de respeito o Kanye West subir no palco para interromper a Taylor.
Queria ver se fosse ao contrário; Imagina se ele e os Jonas Brother tivessem sido indicados a Melhor Vídeo Masculino. Daí imagine o Kanye West com o troféu na mão, fazendo discurso, e de repente a Taylor sobe no palco e fala no microfone: “Estou feliz por você, Kanye, mas o clipe dos Jonas era muito melhor!”

Eu imagino o quanto ele ficaria “feliz”.

Mas o mais legal foi quando a Beyoncé foi receber o prêmio de Melhor Vídeo do Ano, por Single Ladies e, quando fez agradecimentos, disse: “Obrigada. Eu me lembro quando eu tinha 17 anos e ganhei meu primeiro MTV Vídeo Music Awards com o Destiny’s Child. Esse foi um dos momentos mais felizes da minha vida. Então, eu gostaria que Taylor Swift viesse aqui para ter o momento dela.”

E então Taylor Swift voltou ao palco e pode agradecer sem interrupções. A plateia, que havia vaiado Kanye West, aplaudiu muito esse momento.

beyoncé and taylor

beyoncé and taylor

Volta às aulas e Demi Lovato!

agosto 17, 2009

Olá gente!

Bom, minhas aulas começaram hoje! Enfim, tudo começando a se encaixar… Claro que temos que continuar nos previnindo contra a gripe…E tem alcoól gel na escola, os professores nos orientaram e etc…

Bom, mas mudando de assunto, na semana passada, na casa de uma amiga, tive oportunidade de ouvir o novo CD da Demi Lovato completo! (ouvi o primeiro também, só não prestei tanta atenção, hehehe…)

Ainda não vi a tradução de muitas músicas, mas eu simplesmente AMEI o segundo CD! A meu ver, são muitas músicas boas e diversificadas, que me absorveram, no bom sentido. Já tá no meu MP4!

Abaixo, algumas músicas e meus comentários Fotos (lindas) do encarte do CD você encontra nesse link:http://missdemi.net/gallery/thumbnails.php?album=290

Faixa 5: Quiet

Adoro essa música! Uma das poucas que li a tradução, não sei se inteira… mas tudo na música consegue passar um sentimento mais pesado… pelo ou menos para mim.

Olha o refrão:

It’s much too quiet in here
I wanna disapear
I’m hearing myself thinking too clear

It’s too quiet in here
Make it all go away
Why can’t we break this silence finally

Tradução do refrão:

É muito quieto aqui
Eu quero desaparecer
Eu me ouço pensando muito claramente

É muito quieto aqui
Faça com que tudo desapareça
Por que não podemos quebrar esse silêncio finalmente?

Acho que mostra a sensação de um silêncio entre duas pessoas, que gera uma tensão. E uma delas (ou as duas, não sei) quer quebrar o silêncio, mas não sabe como fazer isso.

Faixa 6: Catch Me

Essa música é muito fofa, muito linda. Li a tradução antes de escrever isso e fala sobre quando uma pessoa se apaixona por outra e tem medo que essa a sufoque, mas ao mesmo tempo não quer que ela vá embora.

Bom, continuo a falar do CD em outro post, quando eu tiver vontade de ver as traduções de todas as músicas, pra ficar mais completa a informação. Além do mais, esse post já tá longo…

Até a próxima, povo!